Pixel's Blog

06 novembro 2017

Como o Bullet Journal pode ajudar na sua organização

O Bullet Journal é uma forma de se organizar usando um caderno, bloquinho, ou qualquer coisa que você tenha para anotar as tarefas que você já fez, ou ainda precisa fazer. Também chamado de Bujo, esse é um ótimo recurso para quem quer mais organização na vida pessoal ou profissional, ou simplesmente parar de procrastinar.

Se você procurar pelo termo na internet, encontrará várias referências super bonitas do famoso caderninho, e não é à toa que a estética é tão importante para o Bujo, afinal, o método foi criado pelo designer americano Ryder Carroll. Segundo ele, o bullet journal “busca rastrear o passado, organizar o presente e se preparar para o futuro”. No caderno, você reúne informações de todos os aspectos do dia a dia, tarefas diárias, compromissos futuros, planos de uma próxima viagem, controle financeiro… enfim, tudo!

Facilidade e praticidade

O objtivo do Bullet Journal é tornar suas listas de afazeres em uma coisa prática e fácil. Apesar de muitos Bujos trazerem estéticas legais e diferentes, a ideia é que seja algo não muito trabalhoso, para que essa não se torne uma obrigação chata e você desista de fazer. O legal é colocar sua personalidade nele!

Uma grande vantagem desse tipo de método de organização é que você otimiza seu tempo. Além disso, escrever as tarefas diárias também é uma ótima forma de você não esquecer nada e também pode ser um fator motivacional para que você cumpra as obrigações.

Como montar seu bullet journal?

Você pode usar um caderno — quadriculados, pontilhados, moleskines, ou qualquer um da sua preferência. A forma mais básica do Bujo é fazer um índice, onde você indica o que contém em cada página. Depois, basta inserir os dias da semana ou do mês em cada folha e, na parte de baixo, o que precisa ser realizado. Você pode acrescentar itens sinalizando o andamento de cada tarefa, os originais de Ryder são: bolinha para compromissos, caixinha de “check” para tarefas e hífen para informações importantes. Ele também sugere o uso asterisco para as prioridades, ou ponto de exclamação para aquilo que você tem que prestar atenção.

Existem outras formas, mas esse é o básico. Você pode começar assim, depois acrescentar novas ideias!

Se precisar de uma ajuda, esse é um vídeo feito pelo Ryder, com um passo-a-passo: https://youtu.be/fm15cmYU0IM